Paciente não é atendida pelo ortopedista de plantão no Bom Pastor

  
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma paciente de 59 anos reclamou que não foi atendida pelo ortopedista de plantão do Hospital Bom Pastor em Varginha, nesse domingo (8/1). Ela disse ao BlogDoMadeira que quebrou o cotovelo e foi atendida pelo clínico-geral do HBP por volta de 17h. Passou por raio-x e o médico recomendou que o ortopedista fizesse a imobilização. O médico enviou o raio-x por WhatsApp ao ortopedista de plantão, que não foi ao hospital. Ela foi para casa às 20h, medicada e retornou no dia seguinte para ser tratada.

O presidente da Fundação Hospitalar do Município, Luiz Fernando Alfredo, disse que vai averiguar o caso. Ele afirmou que os médicos de plantão recebem para ficar de prontidão. No caso de serem acionados, têm 20 minutos para chegar ao hospital.

Gripp_blog_Madeira

Marcus Madeira

Advogado e jornalista, escreve diariamente a Coluna do Madeira desde 1999. Editor do Jornal Folha de Varginha. Integra a diretoria voluntária da Abraço (Associação Brasileira Comunitária de Prevenção ao Abuso de Drogas) de Varginha. É sócio-representante da Agência de Notícias Argumento, no Sul de Minas. Cruzeirense.

25 comentários em “Paciente não é atendida pelo ortopedista de plantão no Bom Pastor

  • 12 de janeiro de 2017 em 12:03 AM
    Permalink

    Ja fiz uso da UPA muitas vezes fui atendido dentro do tempo possivel bastante rapido e com muita educação e dedicação, , apenas uma vez a medica que me atendeu com pequena dor no peito ela diagnosticou como dor muscular eu disse a ela que diagnostico estava errado pois eu estava infartado , ela não me contestou e de imediato pediu um ecoccardiograma , me internou me mandou para regional e foi feito 4 ponte de safena e estou vivinho da silva graça a minha experiencia de trabalho no H. Regional por 5 anos. mas fora isso o corpo medico da UPA são maravilhosos.

  • 11 de janeiro de 2017 em 6:51 PM
    Permalink

    Pobre reclama de tudo, quantas vezes pessoas quebravam a perna ou um braço no futebol de domingo e só ia ser atendido na quarta feira e ainda tinha que ficar na fila quase o dia inteiro, nunca vi ninguém morrer por cotovelo quebrado é só imobiliza-lo e tomar um analgésico.

  • 11 de janeiro de 2017 em 6:18 PM
    Permalink

    Não leva a mal, não quero generalizar. Mas tem um monte de gente que pode pagar por atendimento, que tem celular de 2500,00 reais, anda em carro zero, faz churrasco todo final de semana, mas na hora que precisa vai no UPA e fica reclamando do atendimento. Resumindo tem muita gente que tem dinheiro para gastar com um monte de outras coisas, mas não paga um atendimento particular para ser bem atendido.

  • 11 de janeiro de 2017 em 5:47 PM
    Permalink

    Qualquer atendimento tem de ser eficiente,do SUS ou em hospital particular.

  • 11 de janeiro de 2017 em 3:15 PM
    Permalink

    EU SOU 14 14 DE CORAÇÃO… ANTONIO SILVA VEM TAMBÉM ME DÊ A MÃO… #SQN

    Cadê a turminha que vinha cantando essa musiquinha pra rua? Esse prefeito é puro descaso.

  • 11 de janeiro de 2017 em 2:22 PM
    Permalink

    Todas as vezes que precisei de atendimento na UPA, fui muito bem atendido tanto pelos médico quanto pelos demais funcionários. Também já fui atendido em alguns postos de saúde e não foi diferente. Não posso reclamar pois em algumas cidades a coisa esta bem pior.

  • 11 de janeiro de 2017 em 10:24 AM
    Permalink

    Tudo bem que nestes plantões sempre tem um o outro problema, mas se levarmos em conta que a UPA faz cerca de 12 mil atendimentos por mês, um o outro mal atendimento faz parte. Mas pelo menos não fica ninguem jogado pelo corredor assim como ocorre em várias cidades Brasil afora e também é um atendimento gratuito. Agora quem reclama da UPA experimenta ir no Humanitas, chega a demorar até 3 horas dependendo o horário, muitas vezes nem exames fazem, e o pior que se tá pagando 500,00 por mês.

  • 11 de janeiro de 2017 em 9:21 AM
    Permalink

    Isso não é a primeira vez, ja passamos por isso tambem! Uma falta de respeito com o cidadão!

  • 10 de janeiro de 2017 em 10:03 PM
    Permalink

    Uma vergonha. As denuncias acontecem e nada é feito. Até quando? Ah! Alguém importante ficar sem atendimento.

  • 10 de janeiro de 2017 em 9:43 PM
    Permalink

    vez

  • 10 de janeiro de 2017 em 9:41 PM
    Permalink

    Atenção familiares desta senhora, faça a reclamação por escrito e peça que seja aberto processo disciplinar, para esse médico responder a uma sindicância e ser punido através dela e poderiam ter feito tb um boletim de ocorrência e processado ele na justiça comum e tb denunciado ele no Conselho Regional de Medicina, pode não dar nada, mas pelo menos ia dar um trabalho pra ele, ter que se defender, arrumar advogado, perder a primariedade, etc, quem sabe da próxima ves ele age com mais PROFISSIONALISMO

  • 10 de janeiro de 2017 em 8:41 PM
    Permalink

    Máfia de branco. Prefeitura não tem coragem de enfrentar estes médicos mafiosos…

  • 10 de janeiro de 2017 em 6:04 PM
    Permalink

    Esse negócio de tirar plantão em casa não dá. Aliás, dá nisso.

  • 10 de janeiro de 2017 em 4:57 PM
    Permalink

    Considerando os ortopedistas que temos em varginha eu digo que a mãe da moça teve sorte…saiu apenas com dor. Se fosse atendida ela ia sair com o braço torto.

  • 10 de janeiro de 2017 em 4:25 PM
    Permalink

    O SEU DOTO CUIDADO, POIS EM UM DESSES ATENDIMENTO PODE SER ALGUEM DA SUA FAMILIA ESPERANDO ATENDIMENTO, ENTAO PENSE BEM.

  • 10 de janeiro de 2017 em 3:26 PM
    Permalink

    Quem reclama dá UPA deveria ir ao Humanitas. Atendimento na UPA é muito melhor que no humanitas, profissionais educados e prestativos, bem como os médicos também. Quando precisei fui prontamente atendida.

  • 10 de janeiro de 2017 em 3:22 PM
    Permalink

    Será que não é o mesmo medico que a alguns meses atras não quis atender uma paciente porque tinha que trocar o pneu de sua caminhonete.

  • 10 de janeiro de 2017 em 2:54 PM
    Permalink

    Vocês sabem de quem é a culpa………………………..

    Com certeza, vão dizer que a é do Corujinha.

  • 10 de janeiro de 2017 em 2:53 PM
    Permalink

    A realidade é: Médicos querem a grana, que se dane o paciente! Maioria, ´são de cidades vizinhas, que nem consultório tem.

  • 10 de janeiro de 2017 em 2:51 PM
    Permalink

    Nada vai acontecer.
    O cidadão deveria ter feito um boletim de ocorrência, depois ido a secretaria de saúde e preenchido um formulário da cartilha do SUS, de reclamação.
    Ia ter gente ficando roxa, laranja, branquinha da silva, ia aparecer médico pedindo desculpa, vereador intercedendo e até quem sabe prefeito pedindo bom senso e calma que não é bem por aí.
    Cê já ouviu falar que um tatu cheira o outro?
    Ali nada acontece desapercebido. Todos sabem dessas malandragens e dão o seu aval.
    Nós ficamos sabendo de coisas o tempo todo e as reclamações não chegam a lugar nenhum.

  • 10 de janeiro de 2017 em 2:49 PM
    Permalink

    ESSE POVO DE VARGINHA TA MUITO MAL ACOSTUMADO, NÃO ESPERA 15 MINUTOS UMA CONSULTA MEDICA, RECLAMA DE TODAS AS ESPECIALIDADES E DE TUDO. HOJE EM MEDIA UMA CONSULTA NOS MAIORES HOSPITAIS DOS EUA O ATENDIMENTO DEMORA EM MEDIA DE 1 A 2 HORAS, ALEM DISSO QUEBRA A UNHA E VAI NO HOSPITAL, ESPIRRA VAI NO HOSPITAL. SO PARA CONHECIMENTO DE TODOS OS MAIS TOPS HOSPITAIS DE VARGINHA NÃO TEM ORTOPEDISTA DE PLANTAO E AS CONSULTAS DEMORAM EM MEDIA 1 HORA. ME POUPE

  • 10 de janeiro de 2017 em 2:12 PM
    Permalink

    O diretor vai averiguar? Ele teria q passar uns dias la de plantao tb pra ele ver como e q funciona pois nao e como ele pensa q é…

  • 10 de janeiro de 2017 em 1:25 PM
    Permalink

    QUERO AQUI DENUNCIAR A UPA TAMBÉM POIS MEU FALECIDO PAI FICOU INTERNADO LÁ E EM UMA NOITE NECESSITOU FAZER UM RAIO X, PARA VERIFICAÇÃO DO CÉREBRO, A MINHA MÃE O ACOMPANHOU ATÉ A SALA DE RAIO X, CHEGANDO LÁ O ENFERMEIRO CUJO O NOME ELA NÃO SOUBE DIZER, ESTAVA DORMINDO, E DEMOROU A ABRIR A PORTA, QUANDO ABRIU RECLAMOU QUE NINGUÉM DAVA SOSSEGO Á ELE, NEM NO DOMINGO ELE TINHA PAZ, ORA ESSA SE ELE ESTÁ ALI É PARA TRABALHAR E NÃO PARA FICAR RECLAMANDO, SE ELE ESTÁ ESTRESSADO QUE PEÇA DEMISSÃO E PROCURE TRABALHAR EM UM MOSTEIRO, A UPA É UM LUGAR ONDE SOMOS MAL ATENDIDOS, E SE VC TENTA SER AMIGAVÉL LHE TRATAM COM DUAS PEDRAS NAS MÃOS, ATENÇÃO SECRETARIA DE SAÚDE VERIFIQUEM MAIS OS POSTOS DE SAÚDE, E A UPA.

  • 10 de janeiro de 2017 em 10:42 AM
    Permalink

    Bom dia!
    Esse ” doutor”, não tem nome???
    Quando der uma notícia,dê completa…
    O povo precisa saber quem é esse que só quer o emprego e não quer trabalhar.
    Afinal todos nós cidadãos, pagamos impostos para que a prefeitura mantenha esses “doutores” trabalhando.

  • 10 de janeiro de 2017 em 10:38 AM
    Permalink

    Obrigada madeira pela denuncia! Minha mae saiu de la com dor e sem o gesso! Um absurdo pq sabemos que os profissionais sao pagos pra ficar de plantao! Espero que tenha resultado para que outras pessoas nao passem pela mesma situacao!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display