Blog do Madeira - Notícias de Varginha - MG

Notícias diárias de Varginha e Sul de Minas – marcus@blogdomadeira.com.br

Memórias de Varginha: Igreja Matriz do Divino Espírito Santo na década de 60

maio 27th, 2008 · 32 Comentários

  

formatura_matriz_red.jpg

O blog cooptou mais um importante colaborador para o canal “Memórias de Varginha”. Afonso Henrique Paione de Carvalho que, além de professor, é um apaixonado pela história de Varginha. (Clique ao lado para ler mais)Ele detém um acervo de dar inveja. A primeira colaboração é uma foto raríssima do interior da antiga Matriz do Divino Espirito Santo, provavelmente no ano de 1968, numa das primeiras formaturas da Faculdade de Filosofia de Varginha. “À esquerda, no segundo banco, o Prof. Leopoldo Veiga Marinho, fundador da FAFI, ladeado pelo saudoso Dr. Naylor Salles Gontijo. Atrás do Prof. Leopoldo está o Prof. Wanderlei Bueno de Oliveira (terno cinza), fundador da FEMVA. Mais ao fundo, de óculos (bem) escuros, está o Prof. Benedito Corrêa de Brito, antigo professor e diretor da FEMVA (Fac. de Engenharia Mecânica de Varginha). Acredito que existam pouquíssimas fotos do interior da nossa antiga matriz, eu pelo menos nunca vi nenhuma”.
Bem-vindo, professor Afonso.

Tags: Memórias de Varginha

Loading Facebook Comments ...

32 Respostas Até Agora ↓

  • 1 jose donizeti azevedo // ago 18, 2012 at 6:23 PM

    nesta igreja, tinha o padre silvio, quando vc conversava ele parava a missa e te dava bronca .depois ums croques.que saudades.abraço a todos

  • 2 waltinho vilela // abr 18, 2012 at 8:23 PM

    As memórias de Varginha, estão muito bem retratadas no acervo do saudoso e querido amigo Nico Vidal. O Prof. Paione deve tê-lo conhecido. A título de sugestão, o assunto não um projeto de valorização ? Pensem nisso. Abrs

  • 3 jose donizeti // fev 11, 2012 at 5:50 PM

    padre silva apertou muito minha orelha.
    quando agente falava durante as missas.
    que saudades.
    abraço a todos.

  • 4 Ronaldo Barbosa // ago 16, 2011 at 2:16 AM

    Caros amigos de Varginha,
    Sou carioca, mas estudei em Varginha nos anos de 1963 e 1964, no Colégio Marista Coração de Jesus, na condição de interno. Foi um período muito feliz da minha vida. Eu gostava muito de Varginha.
    Fiz a minha primeira comunhão com o Padre Silvio, na Igreja Matriz do Divino Espírito Santo. Fiquei muito triste em saber que a Igreja foi demolida. Era uma Igreja belíssima. Sua demolição me parece um absurdo.
    Sempre tive vontade de um dia retornar a Varginha a passeio. Mas pelo jeito, aquela bela e limpa cidade já não mais existe. É uma pena!

  • 5 Joao Bosco de F. Novais // ago 10, 2011 at 1:08 PM

    Sou ex-aluno da primeira turma (1979-1984) da FEMVA, formado em Eng. Mecânica. Bom saber sobre o Prof. Wanderley Bueno (diretor), Prof. Benedito, etc. Por falar em preservação, foi iniciativa do nosso diretório acadêmico ( 1ª turma) que o Cine Capitólio foi preservado, que solicitou ao então vereador e diretor Prof. Wanderley Bueno, projeto de lei para compra e reforma do mesmo. A reforma inclusive foi feita com adm. da nossa prof. de desenho Teresa G. Massa. Na época ninguem queria saber deste prédio, que seria vendido ao Banco Itaú para demolição. Fizemos o PRIMEIRO festival de música popular brasileira no Capitólio, antes da reforma para alerta sobre a situação. Portanto, mesmo sendo eu (alfenense) e colegas, preservamos o bom da cidade de Varginha. Então, que os atuais moradores prestem atenção no que a prefeitura esta fazendo com a cidade. Obrigado.

  • 6 alamiro // jul 24, 2011 at 5:07 PM

    eu votaria no meu amigo prof. wanderley bueno ah tempo bom aquele viu vez muito para varginha na educaçao deu muito estudo para quem nao podia pagar por ele. e isto nao tem preço so mesmo a amizade e os outros politicos do tempo dele e meu aquilo sim era politico verdadeiro

  • 7 Maria de Lourdes S.Pinto // out 3, 2010 at 11:43 PM

    Eu sou de Varginha, minha familia toda. Apesar de morar hoje no norte do Brasil (Belem) tenho o maior orgulho de ser mineira. O que mais me deixa triste e ver uma praça para um ET com uma pouse ridícula. Ate onde sei ele não fundou Varginha, deveria sim ter uma placa dedicada aos fundadores. Quantas famílias deram a vida por esta cidade? Mas o ET? Varginhenses de pouca memoria!!!!!! Me perdoem, ate mesmo o Rio Branco, porque nao faz um teatro ou salas aonde poderiam desenvolver cursos, com teatro, musica, artesanato, muitas coisas.
    Um novela mexicana o cine Rio Branco, sem contar com ET com as perninhas cruzadas, piscando…

  • 8 IN OFF // jul 9, 2010 at 8:34 PM

    O pior é que vendi os carnês..para a contrução da nova….lá pelos lados ?????
    Eu ……..me perdoem!!!
    Eu hein!!!

  • 9 Eliane Aparecida Olavo Pereira // jul 9, 2010 at 9:32 AM

    Que pena!! Varginha perdeu a identidade de seus patrimonios históricos, que falta de discernimento dos lideres da época…

  • 10 Lívia // mai 15, 2010 at 2:03 PM

    Sou estudante de arquitetura e estou fazendo um levantamento ‘histórico construtivo sobre a Igreja Matriz, de Varginha. Se alguém puder me enviar imagens da antiga Igreja, ficarei muito grata!

  • 11 Mauricio Silva Pinto // fev 24, 2010 at 4:21 PM

    E o Sr. José Batista Pinto, vcs esqueceram

  • 12 monica paiva // ago 17, 2009 at 10:54 PM

    Moramos em Varginha 12 anos. De 1969 a 1981.
    Nós frequentavamos a paroquia do Divino Espirito Santo. Mamae formou em direito e a missa foi celebrada na igreja matriz., velha. O Padre Valmor era muito amigo de meus pais, inclusive fundaram a escola de pais junto com este padre e outros casais Varginhesens.
    Temos umas duas ou tres fotos do interior desta igreja, porque a Páscoa do IBC era sempre lá;Que pena que ela foi demolida. Mas será que a culpa é só de Padre Valmor?
    Se quiserem envio as fotos que não são muito boas mas existem.
    Até logo.
    Monica e Maria Alice

  • 13 Bagulhao // abr 22, 2009 at 7:55 PM

    muito engraçado o comentario de voces….!!

    Hugo o que voce esta falando do VEC….??
    o VECe um time muito qualificado,ele e fodaaa…
    Eu jogo nele… e acho que nos temos capacidade pra subir…

    BAGULHAO

  • 14 Cont(ato) // nov 17, 2008 at 3:45 PM

    Ô Hugo, você falou tudo. Fala a verdade, você queria que a história do ET fosse de Pouso Alegre,Confessa vai? Rssss!!!!

  • 15 hugo // nov 17, 2008 at 12:37 PM

    AHH POR MIM PODERIA DESTRUIR TODA VARGINHA!!
    OHH CIDADE MAIS RUIM OLHA SO O TIME.. NEM SOBE NOS CAMPEONATOS!! AHH CIDADE E TAO AZARENTA Q O ET ACHOU ATE UM ET !!! O DESGRAÇADO NEM PRA POUSAR EM OUTRO LUGAR COMO POUSO ALEGRE!! LA ELE FIK FELIZ O NOME FALA TUDO! pouso ALEGRE

  • 16 luiz // out 5, 2008 at 9:43 PM

    legal madeira to gostando de tudo no seu blog

  • 17 Heriberto Brito de Oliveira // jun 25, 2008 at 11:24 AM

    Prezados amigos de Varginha, tenho muitos dados sobre Varginha, pois sou descendente de seu primeiro morador, que foi o avô do Alferes Joaquim Antônio da Silva, (vide rascunhos bibliograficos do Dr Wladimir Rezende Pinto), portanto é sabido que a Igreja matriz também foi mudada de lado, antigamente o altar ficava voltado para o Oriente, o que não ocorre hoje.
    Quem sabe não seja construida uma nova Igreja em algum novo Bairro nos moldes da antiga Matriz, uma vez que a fé é uma das grandes heranças que nós Sul Mineiros possuimos.

  • 18 HISTORIADOR // mai 30, 2008 at 10:06 AM

    Eu, você esta correto, realmente a Nossa querida Matriz do Dívino Espírito Santo, que éra a Igreja mais linda do Sul de Minas, não éra nivelada, mas sim, tinha um tipo de rampa, fazendo com os fiéis que ficassem la traz, tevesse uma visão mais previlegiada, quantas saudades, pois foi nesta Igreja que eu fiz o meu catecismo com o temeroso Padre Silva.
    QUANTAS E QUANTAS SAUDADES…

  • 19 Eu // mai 29, 2008 at 11:00 PM

    Mais uma observação. Não sei se é impressão minha, mas o chão da antiga igreja não era totalmente plano. Parece que era tipo uma rampa, onde os mais ao fundo tinham visão privilegiada. Alguém aí confirma isso ?

  • 20 Cláudio Martins // mai 29, 2008 at 4:43 PM

    O Museu de Varginha possui peças que perteceram a Igreja: um vitral, cálice, cortina do sacrário,fotos do interior , peças de madeira do altar e o mecanismo do relogio que ficava na torre, além de alguns paramentos: véus, estolas e bandeiras de procissão.
    O Museu está aberto de segunda a sexta de 13 as 17h. Sejam bem vindos!

  • 21 Felipe // mai 29, 2008 at 10:29 AM

    Tinhamos uma Igreja assim? MEU DEUS! Demoliram para construir uma caixa d’agua? Falta de cultura o reponsável pela demolição, que pena.

  • 22 Ana Lúcia // mai 28, 2008 at 8:49 PM

    Estou desenvolvendo um trabalho com meus alunos no intuito de levá-los a conhecer a história de Varginha. Após verem algumas fotos, o “olhar” deles sobre a cidade mudou: o que antes passava despercebido, já está sendo observado de outra maneira – e respeitado, também. Faremos até uma “excursão” ao centro da cidade, onde eles poderão conhecer melhor nosso patrimônio. Foi uma agradável surpresa ver este espaço aqui no blog – por sinal, recomendei-o aos meus alunos. Sinto não ter conhecido a antiga Matriz, que, segundo meus pais, era lindíssima. As poucas fotos a que tive acesso são do exterior da igreja; quanto ao interior da mesma, limitei-me a imaginar, baseada nos relatos dos meus pais, avós e pessoas que tiveram o prazer de conhecê-la por dentro. Professor Afonso, obrigada pela foto! Pude satisfazer um sonho – ver como era a antiga Matriz, ainda que por meio de uma foto, apenas. Madeira, sua atitude de resgatar o nosso passado é louvável; quantos varginhenses desconhecem nossas raízes, nosso patrimônio! Parabéns! Por favor, continue compartilhando conosco esse material tão rico! Embora pertença a um só dono, creio que tudo o que diz respeito ao nosso passado deveria ser compartilhado, pois é uma parte da nossa história que deve ser resgatada!

  • 23 Afonso Henrique // mai 28, 2008 at 3:29 PM

    Em tempo:
    Sr. Apreciador da História de Varginha estarei sim disponibilizando para o Madeira as fotos e os fatos daquele trabalho que fizemos no Colégio Cetem.

  • 24 Afonso Henrique // mai 28, 2008 at 3:27 PM

    Não tenho a menor dúvida quanto à beleza da matriz antiga, isso é incontestável. Quando eu disse que quase 100% da população estava favorável à nova igreja me baseei num trabalho de uma professora de História do Unis, cuja tese de mestrado foi exatamente a arquitetura da avenida Rio Branco, em Varginha. Segundo a professora, ela vasculhou todos os jornais locais do período que antecedeu a demolição até a construção da nova matriz. E só encontrou publicações favoráveis à demolição e nada que fosse contra. Isso pode até ser reflexo do regime da época, talvez a imprensa tentasse interferir na opinião das pessoas. Porém já é outra história…

  • 25 Apreciador da História de Varginha // mai 28, 2008 at 2:30 PM

    O professor Afonso Paione foi um incentivador de um trabalho realizado no colégio CETEM sobre o passado de Varginha, como exemplo, a arquitetura, as fazendas de café, as famílias, as praças, etc. A arquitetura, foi exposta com construções marcantes na cidade, como o ataul Juizado Especial, antiga casa da d. Vica Frota, a igreja Presbiteriana, a cadeia antiga, atual delegacia de polícia na praça João Gonzaga, a Câmara Municipal, que foi cooperativa, etc. Quem sabe ele não poderia disponibilizar esse trabalho para todos nós?

  • 26 // mai 28, 2008 at 2:28 PM

    Afonso, seu avo estava coberto de razão, mas voce se esqueceu de dar o nome da fera . PADRE VALMOR ZUCO.

  • 27 HISTORIADOR. // mai 28, 2008 at 2:18 PM

    Senhor Afonso Henrique, me desculpe mais o senhor esta completamente enganado, quando foi demolir a Matriz do Divino Espírito Santo, Varginha inteira estava contra, pois todos queriam uma reforma e não demolição, mas naguela época, ainda estavamos vivendo com um pouco de regime de um fim da ditadura e ninguem pôde fazer nada, o Prefeito da época desidiu e pronto, perdemos a nossa linda Paróquia do Divíno Espírito Santo, então eu volto a discordar do Senhor Afonso Henrrique, pois nós Varginhenses não queriamos de jeito nenhum demolir a nossa querida e linda PARÓQUIADO DIVÍNO ESPÍRITO SANTO, pois éla éra muito linda.

  • 28 HUGO XAVIS // mai 28, 2008 at 1:25 PM

    PARABÉNS PELO RESGATE DA MEMÓRIA.PROFESSOR PAIONE É UM GRANDE VARGINHENSE

  • 29 Afonso Henrique // mai 28, 2008 at 1:13 PM

    Ao que tudo indica somente sobraram os bancos da antiga matriz para a nova matriz do Divino Espírito Santo.
    Meu avô Braz Paione, que era engenheiro, um dia me pediu para levá-lo para conversar com alguns membros da comissão da nova matriz, isso lá pelos idos de 1978. Lá chegando ele soltou o verbo: “que bela porcaria vocês estão construindo, vão matar as pessoas de calor dentro desse galpão, foi um crime ter demolido a igreja antiga, etc, etc”. Eu quase morri de vergonha e levei-o embora imediatamente. As pessoas o taxaram de “velho esclerosado”.
    Trinta anos depois verifico que ele podia até estar esclerosado, mas estava coberto de razão e que foi na época uma das pouquíssimas pessoas a ir contra a demolição da nossa velha matriz. Jornais daquele período demonstram que quase 100% dos varginhenses foram favoráveis à nova matriz. Hoje talvez fosse diferente….

  • 30 Antonio Adilson // mai 28, 2008 at 12:31 PM

    Lamentável a demolição da antiga igreja matriz. O que mais me impressionava naquela construção era a espessura das paredes, quase 1 metro. E o pior é que aqueles que a destruiram sequer moram mais na cidade. Botaram o edifício abaixo e deram o fora.

  • 31 Eu // mai 28, 2008 at 11:49 AM

    As cadeiras são as mesmas usadas hoje? Muito bom esse resgate da memória da cidade. Parabéns.

  • 32 HISTORIADOR. // mai 28, 2008 at 11:47 AM

    Queira ou não Queira, a culpa da nossa Igreja Matriz do Divino Espirito Santo ter sido demolida, foi do Sr. Dr. Eduardo Ottoni, pois quando ela foi demolida ele era o Prefeito de Varginha ele não poderia deixar nunca ela ser demolida, tinha sim que fazer uma boa reforma e manter o patrimônio Histórico em nossa cidade.
    E POR SINAL ERA UMA DAS IGREJAS MAIS LINDAS DO SUL DE MINAS, HOJE SERIA UM DOS PATRIMÔNIOS HISTÓRICO MAIS LINDO DE VARGINHA.
    QUE SAUDADE DA NOSSA QUERIDA IGREJA MATRIZ DO DIVINO ESPÍRITO SANTO.
    Ob s: Hoje temos uma Igreja do Divino Espírito Santo também muito bonita e temos que respeitar é lógico, mas temos que encarar a verdade, no lugar de uma linda Igreja foi construido um barracão em vista da catedral que tinhamos em Varginha…

Deixe um Comentário